Arte Xávega

A Arte Xávega é um tipo de pesca que se encontra em vias de extinção.
Atualmente na costa Portuguesa são muito poucas as pessoas que se dedicam a esta faina, mas, nós temos a sorte de ainda se praticar aqui na Praia da Mira.

Os pescadores colocam a rede no barco. Este é um processo que tem que ser muito cuidadoso visto que, depois, já no mar, a rede tem que ser lançada ao mar sem se enrodilhar e de forma a que toda ela se abra. Depois de preparado, o barco é levado para o mar com a ajuda de bois que o puxam até estar na água. Uma ponta da corda que irá puxar a rede fica sempre presa em terra. Com a ajuda de uma "Estaca" alguns homens empurram o barco para que as ondas não o arrastem para terra. Depois que o barco se encontra sobre o controlo dos remos, ou motor, aí sim a "Estaca" é tirada e o barco vai a caminho de mais um lanço.

De regresso, já com a rede na água o barco fez o lanço e trás consigo a outra ponta da corda que irá em conjunto com a primeira trazer a rede até terra, com a ajuda de tratores preparados para o efeito e, ainda com alguns bois como se fazia há alguns anos atrás.

Agora só se espera que se tenha um "BOM LANÇO".

Até faz nascer água na boca a sardinha e o carapau tão frescos nas brasas de um fogareiro.